Avançar para o conteúdo

Dimensões da Comunicação Organizacional: resumo didático

Conteúdo atualizado há 6 meses

Por certo, realmente há muito para aprender e colocar em prática, quando o assunto é comunicação dentro das empresas. E uma das questões que é preciso entender bem, por exemplo, são as dimensões da comunicação organizacional. Pois, isso tudo também ajuda a pensar melhor nas estratégias e atividades.

A saber, além de tudo o que já aprendemos nos posts sobre Comunicação Organizacional, lembre-se que ela pode acontecer e ser feita em três dimensões diferentes.

Ainda assim, isso não quer dizer que sejam dimensões individuais. Pois, o mesmo processo de comunicação pode acontecer em duas ou três dimensões de profundidade ao mesmo tempo, dependendo do objetivo e da mensagem que está sendo compartilhada.

uma grande sala comum de uma empresa, com pessoas sentadas conversando
Você sabe quais são as dimensões da Comunicação Organizacional? | Foto: Pexels

Três dimensões da Comunicação Organizacional

É importante entender as dimensões da comunicação organizacional a fim de pensar melhor sobre estratégias e atividades. Há três dimensões da comunicação organizacional, de acordo com Margarida M. Krohling Kunsch:

  1. Instrumental,
  2. Estratégica e
  3. Humana.

As dimensões da comunicação organizacional são aspectos-chave que ajudam a compreender e analisar como a comunicação ocorre dentro de uma organização. Em outras palavras, também podemos defini-las como os níveis de profundidade que a comunicação é capaz de alcançar.

Cada dimensão desempenha um papel fundamental na formação da cultura organizacional, no alcance dos objetivos e na promoção de relacionamentos eficazes tanto internamente quanto com o ambiente externo. Vamos explorar essas dimensões com mais detalhes.

1. Dimensão Instrumental

A dimensão instrumental se concentra na troca de informações e no fluxo de dados essenciais, entre os públicos da comunicação organizacional, para a operação diária da organização. É onde se compartilha informações de maneira direta. Então, geralmente lida com dados brutos, sem tratamento ou análise.

Ou seja, é uma comunicação voltada para a realização de tarefas, compartilhamento de informações básicas, instruções claras e diretas, além de coordenar atividades e manter todos informados sobre o que precisa ser feito. Geralmente, acontece apenas na esfera administrativa da comunicação organizacional. Nessa dimensão, a comunicação é efetiva quando é clara, objetiva e eficiente, facilitando a execução das atividades de rotina.

2. Dimensão Estratégica

A dimensão estratégica da comunicação organizacional está sempre atenta e percebe ameaças e oportunidades no ambiente. Portanto, serve para planejar, administrar e pensar a comunicação de maneira estratégica, definindo canais, linguagem, teor da mensagem etc. Sempre seguindo as diretrizes da comunicação institucional.

Ela envolve a criação e implementação de ações e campanhas alinhadas aos objetivos de longo prazo da organização. Isso inclui: construção da imagem da empresa, posicionamento no mercado, gestão de crises, comunicação de mudanças significativas e interação com stakeholders externos, como clientes, parceiros e a mídia.

Em resumo, a dimensão estratégica visa criar uma percepção positiva da organização e garantir que sua mensagem seja coerente e alinhada aos valores e metas da empresa. E tudo isso é feito de acordo com o que é planejado e organizado no plano de comunicação das empresas.

3. Dimensão Humana

O foco, nesse caso, são as relações que são construídas e reconstruídas diariamente. Desse modo, atua ativamente para facilitar o entendimento entre as pessoas e dá apoio à criação de vínculos fortes. Tudo isso em um processo de comunicação democrático, onde se fala e é ouvido.

Portanto, a dimensão humana da comunicação organizacional se concentra nas interações sociais e emocionais entre os membros da organização. Essa dimensão reconhece que as empresas são compostas por indivíduos com emoções, perspectivas e valores únicos.

A comunicação humana engloba aspectos como a construção de relacionamentos saudáveis, o estabelecimento de confiança, a motivação dos colaboradores, a resolução de conflitos e a promoção de um ambiente de trabalho inclusivo e colaborativo. Uma comunicação eficaz nessa dimensão, com ajuda das ações de Comunicação Interna e Endomarketing, contribui para o engajamento dos funcionários e para a construção de uma cultura organizacional positiva.

Resumo sobre as dimensões da Comunicação Organizacional

Em síntese, compreender as dimensões da comunicação organizacional é essencial para adotar abordagens comunicacionais adequadas a cada contexto e objetivo. Uma comunicação bem-sucedida não se limita apenas a transmitir informações, mas também considera as interações humanas, as metas estratégicas e as necessidades instrumentais da organização. Ao equilibrar essas três dimensões, as organizações podem construir uma comunicação mais eficiente, coesa e capaz de atender aos desafios e oportunidades do ambiente em que estão inseridas.

Está bem resumido, né? Mas, acho que dá para entender bem assim. Se ficar com dúvidas, ou achar que esqueci de alguma informação importante, deixe nos comentários. E aproveite para reforçar o que você aprendeu, com o vídeo que gravei sobre o assunto, que deixo logo abaixo.

Como acontece o fluxo da comunicação nas empresas

Você sabe que a comunicação organizacional é vital para empresas grandes e pequenas. Afinal, a comunicação adequada pode ajudar a garantir que todos na organização estejam na mesma página, trabalhando para objetivos comuns.

A comunicação organizacional está mostrando a sua força para ser empregada aos moldes das necessidades e fatores motivacionais distintos. Com isso, o valor da comunicação, mais do que informar, é atrair, é incentivar o bom desempenho quer dos indivíduos que constituem a organização, quer entre as estruturas internas que a suportam.

Edwaldo Costa e Taise da Silva Oliveira, Revista AlterJor – ano 10, edição 22

Portanto, a comunicação organizacional é uma parte essencial do funcionamento eficaz de qualquer empresa. Ela pode ser categorizada em diferentes fluxos, cada um desempenhando um papel crucial na disseminação de informações, na colaboração entre membros da equipe e na construção de uma cultura saudável dentro da organização.

A seguir, vamos explorar mais a fundo os três principais fluxos de comunicação organizacional e sua relevância para o desenvolvimento de estratégias e atividades dentro das empresas.

Conteúdo exclusivo sobre comunicação no seu e-mail!

1. Comunicação organizacional vertical

A comunicação vertical ocorre quando as mensagens fluem de cima para baixo na hierarquia organizacional. Isso significa que os líderes, gerentes e superiores enviam informações, instruções, metas e feedback aos subordinados. Esse fluxo permite uma direção clara na execução de tarefas, garantindo que os objetivos sejam compreendidos e seguidos.

Além disso, a comunicação vertical é crucial para a gestão de desempenho, onde os superiores fornecem avaliações e orientações para o crescimento dos colaboradores. E, estrategicamente, a comunicação vertical bem estruturada garante alinhamento entre os níveis hierárquicos, evitando mal-entendidos e facilitando a implementação eficiente das estratégias organizacionais.

2. Comunicação organizacional horizontal

A comunicação horizontal ocorre entre colegas que estão no mesmo nível hierárquico ou departamento. É uma forma de troca de informações que promove a colaboração, a resolução de problemas e a disseminação de conhecimento entre pares. Essa comunicação permite compartilhar experiências e ideias, estimulando a criatividade e a inovação.

Quando os membros da equipe podem se comunicar abertamente entre si, as estratégias podem ser refinadas por meio da contribuição coletiva, resultando em abordagens mais abrangentes e bem-sucedidas. A comunicação horizontal também contribui para um ambiente de trabalho saudável, onde o apoio mútuo e a troca de conhecimento são valorizados.

3. Comunicação organizacional 360º

Finalmente, a comunicação 360º abrange todos os sentidos, não se restringindo a um nível hierárquico específico. Ela engloba a comunicação de cima para baixo, de baixo para cima, entre colegas e até mesmo com partes externas à organização, como clientes e fornecedores. Ou seja, acontece em todas as esferas da comunicação organizacional.

Esse fluxo é uma abordagem inclusiva que permite que todos os membros da organização compartilhem informações, opiniões e feedback independentemente de sua posição. A comunicação 360º é essencial para a transparência organizacional e para a criação de um senso de pertencimento entre os funcionários. Ela facilita a identificação de desafios, a descoberta de oportunidades e o ajuste contínuo das estratégias de acordo com as necessidades percebidas por diversos stakeholders.

A importância destes fluxos para estratégias e atividades organizacionais

Compreender esses fluxos de comunicação organizacional é fundamental para o desenvolvimento de estratégias e atividades mais eficazes.

Uma estratégia de comunicação integrada bem planejada considera como as mensagens serão transmitidas verticalmente para garantir o entendimento das metas e direcionamentos. A comunicação horizontal, por sua vez, alimenta a inovação e a colaboração, resultando em abordagens mais completas e bem pensadas. A comunicação 360º amplia a visão da organização, permitindo que todas as vozes sejam ouvidas, o que pode levar a insights valiosos e a uma maior adesão às estratégias propostas.

Portanto, ao reconhecer e aproveitar esses fluxos de comunicação, as organizações podem criar um ambiente de trabalho mais coeso, eficiente e alinhado com seus objetivos estratégicos. Afinal, estes fluxos nos permitem entender melhor como as dimensões da comunicação organizacional acontecem. E isto é importante para o desenvolvimento de estratégias e atividades mais assertivas.

Estude as dimensões da Comunicação Organizacional!

Para finalizar, recomendo que você tome nota do que vimos aqui e lembre-se de tudo sempre que estiver desenvolvendo seu plano de comunicação organizacional. As dimensões da comunicação organizacional são importantes e devem ser levadas em conta. Da mesma forma, o fluxo da comunicação também é relevante, pois nos permite entender como as mensagens circulam dentro das empresas.

Assim, podemos ver que existem vários elementos que compõem a comunicação organizacional. É uma questão complexa, mas entendê-la é essencial para o sucesso de qualquer empresa. Afinal de contas, a comunicação é a base de qualquer relacionamento, seja pessoal ou profissional.

Agora que você conhece as dimensões da comunicação organizacional e como o fluxo acontece nas empresas, o que você pensa? É mais fácil entender como funciona a comunicação em seu local de trabalho? Você percebeu que algumas dimensões estão mais presentes que outras? Me conte tudo no espaço de comentários.

GOSTOU DO POST? (deixe sua dúvida ou sugestão)

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *